ARTIGO / NOTÍCIA

selecionado.

Preparação para o Concurso de Admissão à Escola de Comando e Estado Maior do Exército – CPREPECEME/CM

Preparação para o Concurso de Admissão à Escola de Comando e Estado Maior do Exército – CPREPECEME/CM

Clube Militar

Essa atividade, sob a coordenação do Cel Eng Luiz Carlos CARNEIRO de Paula, é oferecida pelo Clube Militar, na modalidade EAD virtual, aos oficiais candidatos aos CURSOS DE ALTOS ESTUDOS MILITARES – CAEM ,- da ECEME. Utiliza as plataformas disponíveis na página eletrônica do Clube. Os oficiais orientadores são responsáveis por preparar o material didático e conduzir as atividades programadas, que serão desenvolvidas de agosto de 2022 a março/abril de 2023.

Na sua fase final, como atividade de apoio (específica e intensiva),o Clube oferece o Seminário para a Revisão e Atualização da Preparação para o Concurso de Admissão à ECEME (SERAPREP) também na modalidade EAD.. Essa cooperação virtual se desenvolve de janeiro a abril e acompanha a programação da ECEME, evitando dispersar o esforço do candidato.

O CEPREPECEME do Clube conta com o apoio de uma equipe de orientadores, encarregada de produzir o material didático e disponibilizá-lo na página eletrônica do Clube e no grupo específico no Facebook.

Não há despesa para o candidato à ECEME participante..
Solicita-se que se inscrevam no grupo específico do FACEBOOK

Compartilhe esta página nas suas redes sociais:

Outros artigos/notícias

Turmas Militares
Turmas Militares
Márcia Modesto

Está claro que os editores de dicionários desconhecem o verdadeiro significado do verbete aplicado aos alunos das escolas militares. Para nós, camaradas de Armas, turma é muito mais! Turma é identidade, é símbolo, é comunhão, é analogia.
Turma é… marca registrada!

Lula causa alerta em imprensa que vem lhe apoiando e Estadão faz editorial preocupante; VEJA
Lula causa alerta em imprensa que vem lhe apoiando e Estadão faz editorial preocupante; VEJA
Terra Brasil Notícias

Ao regurgitar preconceito contra paulistas do interior e contra o agronegócio, o petista reafirma sua natureza divisionista e revela que é ele quem ignora um Brasil que trabalha e produz.

A Revolução permanente e o ativismo judicial
A Revolução permanente e o ativismo judicial
Roberto Motta - Revista Oeste
Ao contrário do que pensa e prega essa elite, a noção de direitos humanos não começou na Revolução Francesa, apresentada como o ápice do desenvolvimento político e moral da humanidade.